Aos poucos, o polêmico MC Pedrinho ensaia sua volta aos palcos. O funkeiro de 13 anos estava proibido de se apresentar ao vivo desde maio, quando o Ministério Público estipulou que o descumprimento dessa norma acarretaria em multa de R$ 50 mil.

Durante os três meses que o caso do cantor foi julgado pela Justiça, Pedrinho teve tempo para repensar a carreira e criar músicas que se distanciam das letras pronográficas e cheias de expressões consideradas inadequadas para a sua idade. A primeira gravação dessa fase é Menino Sonhador: “Era uma vez um menino sonhador/Orava toda noite para o senhor”.

Reprodução

Reprodução